Saltar para o conteúdo

A minha despedida

Junho 17, 2012

Tudo tem um fim. Infelizmente por razões pessoais inultrapassáveis tenho que abandonar este projecto. Queria agradecer a todos os fotógrafos e público que me acarinharam durante estes três anos, sem a vossa colaboração teria sido impossível percorrer este caminho. Foi um período notável da minha vida, vibrante e criativo como poucos mas estou certo que outros momentos como este irão surgir logo que as minhas dificuldades estejam ultrapassadas.
A partir daqui será a Colorfoto a tomar o leme deste projecto por isso qualquer dúvida e/ou contacto deverá ser efectuado para as lojas.
A todos desejos de felicidades e que os vossos projectos/sonhos se materializem.

Mário Venda Nova

Equus Lusitanus

Abril 30, 2012

Índia – a cor do contraste.

Março 4, 2012

Mirrorcities

Dezembro 13, 2011

Paisagens luminosas – Carlos Tiza

Outubro 21, 2011

Com os cabelos ao vento…

Setembro 5, 2011

Para Ana Sofia Santos o carro é a memória, o mistério da viagem e celebração da estrada. As memórias de infância misturadas com o orgulho da compra do primeiro carro, a primeira viagem em família, os encontros fugazes e as estradas que percorremos ao encontro de amantes ao abrigo da noite. A memória de beijos salgados na melancolia de viagens de regresso no final de verão em que todos os amores eram eternos e no banco de trás não conseguíamos imaginar como seria a nossa vida sem aquele amor, quente e tórrido como o verão. Mas o outono aproximava-se e era tempo de rumar a casa, à escola, para trás ficavam os amores de verão, as tardes de praia e as viagens intermináveis em carros que aqui estão agora, memórias captadas em fotografia mas já sem gente dentro. Carros apenas.
São carros de linhas sensuais, curvilíneas, como os corpos de verão e que olham fixamente para nós. As linhas do design têm desígnios que desconhecemos e o design desconhece a memória e os amores de verão. Com o seu corpo batido pelo tempo estes carros não deixam de mostrar com orgulho o design de uma época e deixam-se fotografar como modelos de moda porque os carros também são moda e têm modas. E modos. E vida própria.

Nos confins da memória

Julho 17, 2011

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.